Arquivo para abril, 2012

Ouça – Maysa

Posted in Música on 29/04/2012 by Natalie

Ouça, vá viver
Sua vida com outro bem
Hoje eu já cansei
De pra você não ser ninguém

O passado não foi o bastante
Pra lhe convencer
Que o futuro seria bem grande
Só eu e você

Quando a lembrança
Com você for morar
E bem baixinho
De saudade você chorar

Vai lembrar que um dia existiu
Um alguém que só carinho pediu
E você fez questão de não dar
Fez questão de negar

Anúncios

Eu Quero Sempre Mais – IRA

Posted in Música on 25/04/2012 by Natalie

Não suporto a Pitty,  mas a letra da música é bem bacana.

Eu Quero Sempre Mais  – IRA

A minha vida

Eu preciso mudar
Todo dia
Prá escapar
Da rotina
Dos meus desejos
Por seus beijos…

E os meus sonhos
Eu procuro acordar
E perseguir meus sonhos..

Mas a realidade
Que vem depois
Não é bem aquela
Que planejei…

Eu quero sempre mais!
Eu quero sempre mais!
Eu espero sempre mais!
De ti!…

Por isso hoje
Estou tão triste
Por que querer está
Tão longe de poder?…

E quem eu quero
Está tão longe
Longe de mim…

Longe de mim!
Longe de mim!
Longe de mim!…

(Longe de mim!)
(Longe de mim!)…

Desilusão amorosa…

Posted in Meu querido diário on 22/04/2012 by Natalie

Imagem

Parece que certas pessoas só entram na nossa vida para aumentar o caos que você demorou muito tempo pra arrumar. Dai cada vez mais surge o medo de arriscar… e com isso muitas vezes perdemos pessoas maravilhosas. Está foda encontrar alguém que valorize e priorize os mesmo sentimentos que você!

By Frases Incríveis

17.04 – FELIZ ANIVERSÁRIO VÓ, PARABÉNS PELOS SEUS SEI LÁ… ACHO QUE 74 ANOS.

Posted in Meu querido diário on 17/04/2012 by Natalie

Altruísta, essa é a palavra que descreve minha avó.

Uma pessoa cheia de amor e bons sentimentos, embora tenha sofrido muito na vida.

Pulso de ferro.

Forte de maneira até preocupante; consigo literalmente contar nos dedos quantas vezes vi minha avó chorar ou demonstrar qualquer tipo de fraqueza.

Recentemente ela me disse que quando ela morrer, eu serei a pessoa que mais sentirei falta dela e chorarei muito pela sua ausência. Infelizmente, para mim, creio que isso é verdade.