31ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo

31_foto3.jpg 

UAU! A 31ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo exibirá 467 filmes em apenas catorze dias! Demais, não?
Cinéfila como sou, estou ansiosa para curtir alguns filmes dessa mostra.

Acesse o site oficial da Mostra
http://www.mostra.com.br

Mas ó, se vc como eu está roendo as unhas de ansiedade e pavor por notar que com esse cotidiano corrido q todos nós paulistanos temos não se pode falhar na escolha dos filmes… eu vou dar minha humilde dica… esses filmes listados abaixo já têm data prevista de estréia no Brasil… mais abaixo há uma outra lista dos filmes q ainda não tem data definida para a estréia; assim será possível dar preferência para aqueles filmes que provavelmente não teremos a chance de ver tão logo. Minhas indicações pessoais eu sublinhei. Bjos

Filmes para cinéfilos ansiosos (com datas de estréia no Brasil já marcadas)

“Império dos Sonhos”, do americano David Lynch (2 de novembro)
“Jogo de Cena”, do brasileiro Eduardo Coutinho (9 de novembro)
“Mutum”, da brasileira Sandra Kogut (15 de novembro)
“Lady Chatterley”, do francês Pascale Ferran (23 de novembro)
“Viagem a Darjeeling”, do americano Wes Anderson (23 de novembro)
“Senhores do Crime”, do canadense David Cronenberg (30 de novembro)
“Em Paris”, do francês Christophe Honoré (28 de dezembro)
“Controle, a História de Ian Curtis”, do holandês Anton Corbijn (dezembro)
“Lust, Caution”, do taiwanês Ang Lee (8 de fevereiro)
“I’m Not There”, do americano Todd Haynes (15 de fevereiro)
Onde os Fracos não Têm Vez”, dos americanos Joel e Ethan Coen (23 de fevereiro)
“Nome Próprio”, do brasileiro Murilo Salles (7 de março)
“À Prova de Morte”, do americano Quentin Tarantino (21 de março)

Filmes para cinéfilos criteriosos (sem previsão de lançamento)

“A Amada”, do francês Arnaud Despleschin
“Antes que Eu me Esqueça”, do francês Jacques Nolot
“Caixas”, da francesa Jane Birkin
“Dol”, do curdo-iraquiano Hiner Saleem
“A Viagem do Balão Vermelho”, do taiwanês Hou Hsiao-Hsien
“Nascido e Criado”, do argentino Pablo Trapero
“Blind Mountain”, do chinês Li Yang
“Fantômes”, do francês Jean Paul Civeyrac
“Go Go Tales”, do americano Abel Ferrara
“Inútil”, do chinês Jia Zhang-ke
“Paranoid Park”, do americano Gus Van Sant
“Angel”, do francês François Ozon
“As Testemunhas”, do francês André Téchiné
“4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias”, do romeno Cristian Mungiu
“Não Toque no Machado”, do francês Jacques Rivette
“Glória ao Cineasta!”, do japonês Takeshi Kitano
“Redacted”, do americano Brian De Palma
“O Homem de Londres”, do húngaro Béla Tarr
“Zoo”, do americano Robinson Devor

Não esqueça clarooo que “O Passado”, de Hector Babenco é certamente IMPERDIVEL!!!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: